Atendimento (27) 3264-4497 (27) 99604-0970 (WhatsApp) 8:00 às 17:30 de Segunda à Sexta-feira
WS-17 Limpeza e Manutenção de Gotejamento e Microaspersão 29 Litros
  • WS-17 Limpeza e Manutenção de Gotejamento e Microaspersão 29 Litros
  • WS-17 Limpeza e Manutenção de Gotejamento e Microaspersão 29 Litros
  • WS-17 Limpeza e Manutenção de Gotejamento e Microaspersão 29 Litros
  • WS-17 Limpeza e Manutenção de Gotejamento e Microaspersão 29 Litros
  • WS-17 Limpeza e Manutenção de Gotejamento e Microaspersão 29 Litros

WS-17 Limpeza e Manutenção de Gotejamento e Microaspersão 29 Litros

Sku: 5C165AA090C02

Categoria: Emissores

Quantidade Disponivel: 50 un

Unidade: un
un

Por R$ 638,20

ou em 12x de R$ 54,93

Ver parcelas
1xdeR$ 638,20 Total: R$ 638,20
2xdeR$ 319,10 Total: R$ 638,20
3xdeR$ 212,73 Total: R$ 638,20
4xdeR$ 175,82 Total: R$ 703,27
5xdeR$ 129,56 Total: R$ 647,80
6xdeR$ 108,24 Total: R$ 649,41
7xdeR$ 93,00 Total: R$ 651,03
8xdeR$ 81,58 Total: R$ 652,64
9xdeR$ 72,70 Total: R$ 654,26
10xdeR$ 65,59 Total: R$ 655,88
11xdeR$ 59,77 Total: R$ 657,51
12xdeR$ 54,93 Total: R$ 659,13
Frete e Prazo

Simule o frete e o prazo de entrega estimados para sua região:

Descrição do Produto
As vantagens do peróxido de hidrogênio
 
• Velocidade de reação rápida 
• Ambientalmente segura 
• Não gera subprodutos perigosos. O peróxido de hidrogênio é favorável ao meio ambiente, não contamina o solo, não prejudica o aquífero, e indiretamente faz mais oxigênio disponível para o solo e as plantas. A reação de oxidação é rápida, então o peróxido de hidrogênio é consumido imediatamente em contato com a água de irrigação e é biodegradável. Sua velocidade permite o uso do peróxido de hidrogênio para rápida oxidação e desinfecção da fonte de água e também nas proximidades dos filtros.
O peróxido de hidrogênio também é adequado para oxidar ferro e manganês.
Informações do Produto

MANUAL DE LIMPEZA > WS-17 -
APLICAÇÃO: GOTEJAMENTO/MICROSPRAY/MICROASPERSOR Para aumentar a vida útil, devem ser feitas aplicações preventivas, já que não ‘‘existem’’ produtos que consiga desentupir. As aplicações preventivas de WS-17 devem ser realizadas alternando-as com produtos a base de ácidos com intervalos que podem variar entre 60 a 120 dias. Esse intervalo pode alterar de acordo com a qualidade da água, após o resultado da análise da água.
Indicação: 02-06 LITROS a cada 10 m³ bombeado por hora.
*Dosagens abaixo, são dosagens pré-recomendadas, para uso geral.
DOSAGEM (lts)
APARÊNCIA
02
Emissores aparentemente limpos.
04
Gotejadores Sujos, mas não apresentam entupimento.
06
Gotejadores começando a entupir.
Como Calcular a necessidade por setor: EXEMPLO
Dados de um Projeto Aleatórios:
• Vazão do Setor 01: 25 m³/h
• Gotejadores sujos, mas não apresenta entupimento = Dosagem recomendada de 04 litros
Fórmula:
VAZÃO / 10 x DOSAGEM
25/10 = 2,5
2,5 X 4 = 10 LITROS
O TEMPO DE INJEÇÃO do produto deve ser entre 40 a 60 minutos
Calcular o TEMPO DE AVANÇO de cada setor e somar ao TEMPO DE INJEÇÃO, por exemplo:
Se o tempo de avanço levar 25 minutos, ou seja, para água chegar até o ultimo gotejador, ex:
TA + TI = TEMPO TOTAL DE INJEÇÃO
TA (TEMPO DE AVANÇO): 25 minutos
TI (TEMPO DE INJEÇÃO): 40 minutos
TEMPO TOTAL DE INJEÇÃO: 65 minutos
Modo de Aplicação:
1. Verificar os cálculos hidráulicos, ou seja, verificar se as pressões das mangueiras estão adequadas, juntamente com as vazões.
2. Verificar se a montagem foi feita corretamente conforme projeto feito.
3. Passar o PIG (esponja) apenas nas linhas primárias, adutoras e linhas principais.
Especificações:
Espuma para passar apenas 01x: Densidade 40 a 44
Se houver mais de um diâmetro, pode ser usada com uma densidade próxima de 30, para passar mais de uma vez, levando em conta que a adutora reduz um diâmetro. A densidade sendo menor, ela não irá parar na redução. Comprimento: Duas vezes a o diâmetro do Tubo
Largura: Uma vez e meia o diâmetro do Tubo
Fazer o corte da espoja em formato cilíndrico.
Obs.: Não passar por válvula de retenção de dupla portinhola, e nem onde existem buchas de reduções ao longo da adutora.
4. Calcular o tempo de avanço para cada setor, que pode ser feito por cálculos hidráulicos, ou usando colorantes, ou até mesmo usando 01 kits de análise de específico para WS-17.
5. Fazer a calda em uma caixa d’água > injetar o WS-17 em um espaço de tempo entre 60 a 90 minutos> continuar bombeando a água limpa e parar 20% do tempo de avanço. (Não passar água limpa pelo tubo gotejador!).
6. Deixar o sistema descansando por 24 horas após a aplicação do WS-17.
7. Após 24 horas abrir as pontas das mangueiras e passar água por no mínimo 15 minutos para cada setor.

 

DÚVIDAS FREQUENTES WS-17 -
1. O WS-17 CONSEGUE LIMPAR UM GOTEJADOR ENTUPIDO?
Não . Uma vez que o gotejador entupiu, a recomendação é a troca do mesmo. Pelo conhecimento que temos, não existe e não há previsão no mercado mundial de um produto que consiga fazer tal ação. Porém, se o emissor ainda tiver fluxo de água, mesmo que baixa, o produto consegue fazer a limpeza, desobstruindo a passagem que até então estava parcialmente obstruída.
2. O PRODUTO OFERECE PERIGO NA APLICAÇÃO?
Sim. É preciso mantê-lo longe de nossa pele e olhos, usando EPI (Equipamento de Proteção Individual) , e jamais devemos misturá-lo a qualquer outro fertilizante, pois ao fazermos essa mistura, estaremos expostos ao risco de uma grande explosão.
3. BASTA DISSOLVER O PRODUTO E APLICÁ-LO NA INJEÇÃO DO SISTEMA?
Não. Existem várias recomendações pré-aplicação que precisam ser feitas, tais como: a) fazer um corte na adutora para saber se existe uma parede interna feita pelas algas ou por ferrobactérias e, se encontrar parede da ferrobactéria, passar um PIG (esponja previamente calculado) para limpar a linha principal; b) retirar os vazamentos; c) fotografar o tubo de polietileno junto com um emissor que represente a maioria do sistema, antes e depois da aplicação; d) fazer a análise da água para saber se realmente o problema está relacionado à algas e ferrobactérias, pois a maioria não sabe fazer a identificação do problema visual e podem haver também outros problemas ligados à argila e silte; e) é preciso conhecer quanto tempo leva a água para chegar ao final do emissor de cada setor, e somar ao tempo necessário de aplicação contínua que pode variar de 40 a 60 minutos. Após o término do produto na caixa de aplicação, você aguarda para mudar de setor ou desligar 20% do tempo calculado para o tempo de avanço.
4. POSSO CONTINUAR IRRIGANDO APÓS A APLICAÇÃO DE WS-17?
Não. Após a aplicação é necessário aguardar 24 horas para que o produto oxide a ferrobactéria, depois é só abrir os finais das mangueiras e esperar entre 15 a 30 minutos para retirar toda a sujeira.
5. QUAL O MAIOR ERRO E CHANCE DO PRODUTO NÃO FUNCIONAR?
Normalmente, quando não é seguido à risca o que se pede antes da aplicação. Por exemplo: se jogar o produto e não passar o PIG antes, toda matéria viva, a chamada Ferrobactéria, poderá consumir o WS-17 antes mesmo dele chegar aos emissores! Nesse processo, a matéria viva será transformada em matéria seca, desprenderá da parede do tubo de PVC e irá parar direto nos emissores, e em grande quantidade poderá piorar, com possibilidade de entupimento dos emissores, ou seja, o que iria ajudar pode atrapalhar. Por isso, seguir com as regras de aplicação são necessárias.
6. O CLORO FAZ O MESMO EFEITO QUE O WS-17?
Depende, normalmente não faz. Veja bem, o Cloro altera o PH e tem agente contaminante como o NaOH (Soda Cáustica) que pode provocar a morte de raízes, e o acúmulo do mesmo também pode formar com alguns fertilizantes injetados o sal de cozinha, que é extremante danoso às culturas, porque inibe a absorção de água e nutrientes da mesma. De igual forma, é um produto que volatiza muito rápido, se não controlar a origem de como ficou armazenado você pode ter um produto com quase zero de Cloro e muita água, em muitos casos podendo perder até 70% do elemento.
Sendo assim, o WS-17 é biodegradável!
7. SE EU TIVER UMA CONCENTRAÇÃO DE FERROBACTÉRIA MUITO ALTA, ACIMA DE 4 PPM, O QUE DEVO FAZER?
Você pode fazer injeções constantes de WS-17, o que pode onerar muito o custo preventivo de limpeza dos emissores, e/ ou também, oxidar essa água, construindo um reservatório, fazendo a água entrar usando caixas de areia ou brita e criando uma ‘‘ cachoeira’’, aumentando o contato da água com o ar (oxigenando-a), para que as ferrobactérias, sejam oxidadas e sedimentadas (desça parte delas para o fundo do reservatório), e a outra parte fique nos filtros de areia.
8. SE FIZER TODOS OS TRATAMENTOS DE DECANTAÇÃO E FILTRO DE AREIA, NUNCA MAIS TEREI PROBLEMAS?
Não é verdade! Uma parte das ferrobactérias consegue passar por todo o processo e continuar dentro do sistema de irrigação, e como se trata de bactéria, a tendência é se multiplicar. O que irá acontecer é que, se fizer todo esse procedimento de tratamento, você estará alongando a vida útil dos emissores, mas não terá garantia de que não vai mais entupir. Sem tratamento de decantação e filtro de areia, o sistema poderá resistir a 02 anos, porém, com 04 anos poderá entupir.
Nota: Então, faz-se necessário o constante tratamento com o uso de WS-17 em projetos de irrigação contendo Ferrobactérias e Algas. A data para cada tratamento depende muito do que a análise da água diz, e a verificação visual constante dos tubos de PVC, polietileno e emissores.

Avaliação dos Clientes
  • Nenhum comentário foi postado para esse produto, seja o primeiro!